Windows 12 vai ser mais inteligente e compatível… Com tudo!

O Windows domina o mundo dos computadores, mas, num mundo cada vez mais focado no mobile, que claro está, não tem grande presença da Microsoft (especialmente após a “morte” do Windows Phone), é inegavelmente uma boa ideia reinventar a forma tudo funciona.

É exatamente por isso que o Windows vai evoluir, vai mudar, e vai ficar muito mais compatível com todo o tipo de aparelhos. Sim! Mesmo os baseados noutros sistemas operativos.

Portanto, num mundo perfeito, poderia usar um tipo de aparelho, com um outro qualquer tipo de aparelho, e a coisa funcionaria de forma quase perfeita, 100% do tempo. Mas… Não é assim que o mundo da tecnologia atual funciona. Infelizmente, os ecossistemas estão cada vez mais fechados, com cada fabricante a proteger o que é seu, para fazer com que os consumidores façam escolhas mais assertivas.

É por isso que a Huawei tinha o sistema super dispositivo, em que podia ligar smartphones e portáteis da mesma fabricante, de forma muito perta da perfeição. Afinal, poderia até controlar o smartphone através do portátil, ou o portátil através do smartphone. Era incrível. Além deste sistema, temos também o Galaxy Connected Experience da Samsung, que integra smartphones e computadores Samsung, de uma forma muito superior à normal.

Mas, enquanto a Huawei desapareceu e o seu ecossistema acabou por não dar em nada, a Samsung, bem como outras fabricantes, estão a apostar cada vez mais na conectividade com computadores. Como? Através do Windows 11 ou 12, claro. Sendo exatamente por isso que o já mencionado Galaxy Connected está agora a abrir as portas da compatibilidade em funcionalidades como o Quick Share. Uma funcionalidade que facilita o processo de partilha de ficheiros entre smartphones e tablets Samsung, com um qualquer tipo de computadores baseado no sistema operativo da Microsoft.

As experiências Multi-Dispositivo são cada vez mais importantes!

É por isto que a Samsung está a apostar na tecnologia, e talvez mais importante que isso, a Qualcomm está a ter isso em conta no desenvolvimento de processadores para as novas gerações de aparelhos Android (Snapdragon Seamless).

A Microsoft não pode deixar o comboio passar, e como tal, vai também apostar na tecnologia MDE.

Como é que isto poderá funcionar?

Por exemplo, se estiver a ver um filme ou uma série no seu smartphone Android ou iOS, assim que abrir o seu portátil Windows, vai receber uma mensagem a perguntar se quer continuar a consumir o conteúdo multimédia, agora no computador.

Dito tudo isto, segundo uma patente recente da Microsoft, o plano é integrar Windows, Windows Phone, QNX, IBM z/OS, Linux, Android, iOS, OS X e NetBSD, e provavelmente outros ao longo do tempo.

A tecnologia Windows MDE permite (em teoria) também a ligação a suportes legíveis por computador, E/S e interfaces de rede. Algo que por sua vez permitiria o controlo remoto de aparelhos.

Porém, sou muito honesto, não acredito que isto chegue ao Windows 11! Deve ser uma das funcionalidades chave do Windows 12. Ou seja, a próxima geração do sistema operativo da Microsoft com data de lançamento marcada para 2024.

A Microsoft sabe que tem de evoluir. Como tal, vai fazer uma grande aposta na Inteligência Artificial, e como dissemos neste artigo, na tecnologia MDE (Multi-Dispositivo).

Fonte: leak.pt

Precisa de assistência informática? Marque já aqui


Discover more from PC ASSISTE

Subscribe to get the latest posts to your email.