Google obriga JavaScript na sua autenticação para os utilizadores estarem mais seguros

No seu plano de manter o máximo de segurança dos utilizadores, a Google realiza alterações periódicas, que conseguem aumentar as proteções e detetar problemas antes destes existirem.

A mais recente alteração pode ser incómoda para muitos, pois obriga a que o JavaScript esteja ativo para que possa ser feita a autenticação dos utilizadores.

Apesar de ser uma das mais usadas linguagens de programações usadas na Internet, muitos utilizadores não permitem que os seus browsers corram os scripts presentes nas páginas web e simplesmente barram a sua execução.

A partir de agora, e se forem utilizadores da Google e dos seus serviços, esta posição vai ter de ser mudada. A gigante das pesquisas passou a obrigar a utilização de JavaScript para que seja feita a autenticação nos seus serviços.

Para alertar os utilizadores que não estejam capacitados para usar os seus serviços, porque têm o acesso ao JavaScript bloqueado, é apresentada uma mensagem que pede que seja um browser com suporte para esta linguagem.

Na verdade, a Google está a exigir a presença do JavaScript para que possa avaliar a segurança da conta dos utilizadores, antes mesmos destes realizarem a autenticação. Recorrendo aos seus algoritmos, a Google vai avaliar o processo de autenticação e detetar situações em que as contas dos utilizadores tenham sido comprometidas.

A somar a esta novidade, a Google anunciou também novas medidas que vão ajudar o utilizador a melhorar a segurança das suas contas, apoiando-os a na sua configuração em momentos chave e sempre que for preciso.

A Gogle estima que a obrigação de utilização do JavaScript tenha um impacto mínimo nos utilizadores. A utilização desta linguagem está disseminada por toda a Internet e apenas 0,1% dos utilizadores a tem desligada. Os ganhos de segurança vão suplantar os receios dos utilizadores e esta novidade acabará por ser positiva para todos.

Fonte: pplware.sapo.pt

Deixar uma resposta