Em breve poderá remover o Edge, Bing e mais apps do Windows 11, mas com uma condição

Uma das grandes queixas do Windows 11 e de outras versões é a quantidade de apps da Microsoft instaladas. Estas não são usadas por todos, mas ficam presas ao sistema. Em breve isso poderá mudar de cenário no Windows 11, graças a uma medida da União Europeia, associada à Lei dos Mercados Digitais no Espaço Económico Europeu.

Já todos nos habitámos a ver no Windows 11 as muitas apps da Microsoft. Estas não são muitas vezes usadas e ficam apenas presentes por estarem agregadas e dependentes do sistema operativo. Não é o desejado, mas é algo a que os utilizadores se habituaram.

Isso terá em breve de mudar, graças a uma das medidas mais importantes da União Europeia nos últimos anos. A Lei dos Mercados Digitais no Espaço Económico Europeu irá obrigar a mudanças em muitos serviços, prometendo sempre manter a privacidade dos utilizadores no centro das suas ações.

A Microsoft avançou agora a informação de que quer também o Windows 11 a ser compatível com esta medida da União Europeia e por isso fará alterações. De todas, a mais visível está associada às apps presentes no sistema e à possibilidade de as remover de forma definitiva.

As mudanças permitirão que os PCs nos mercados da UE desinstalem o Microsoft Edge, desabilitem o Bing no Windows Search e desliguem o feed de notícias da Microsoft e os anúncios no Widgets Board. A empresa garante também que o Windows 11 reconhecerá os padrões do utilizador e permitirá que desinstalem quase todas as apps integrados do sistema operativo.

A única questão aqui é que não será um processo aberto a todos. Apenas os utilizadores no espaço da União Europeia vão ter acesso a esta possibilidade. No caso de Portugal esta será uma certeza e por isso os nossos utilizadores vão estar abrangidos por esta alteração.

Estas mudanças vão ser lançadas numa versão de testes do Windows 11 no Insider Beta Channel nas próximas semanas e estarão disponíveis no início do próximo ano. A Microsoft afirma que o Windows 11 será totalmente compatível com a Lei dos Mercados Digitais no Espaço Económico Europeu até 6 de março de 2024.

Fonte: pplware.sapo.pt

Precisa de assistência informática? Marque já aqui


Discover more from PC ASSISTE

Subscribe to get the latest posts to your email.