A Microsoft quer o Windows 11 mais leve e passa a permitir remover ainda mais apps nativas

Há muito que a Microsoft quer tornar o Windows 11 um sistema ainda mais leve e com menos apps desnecessárias para os utilizadores. Estes devem poder controlar quais as apps que têm instaladas e escolher as que querem remover. Esse passo foi agora ainda mais longe, com a Microsoft a permitir remover ainda mais apps nativas do Windows 11.

A Microsoft prepara-se para lançar uma atualização para o Windows 11 que aumentará significativamente o controlo dos utilizadores sobre as apps integradas presentes neste sistema operativo. Nessa versão o utilizador poderá remover uma variedade ainda maior de apps da gigante do software que estão presentes.

Esta mudança, atualmente em teste na última build 23585, criada para o canal Dev, permitirá aos utilizadores remover apps pré-instaladas. Aqui teremos presentes apps como a Câmara, Cortana, Fotografias, Pessoas e o cliente Remote Desktop.

Esta atualização reflete o compromisso contínuo da Microsoft em oferecer uma experiência de utilização mais flexível e personalizada no Windows 11. Faz parte de um lote alargado e de um processo iniciado já há algum tempo e onde os utilizadores controlam o que têm presente neste sistema.

A capacidade de remover estas apps dá resposta a uma solicitação muito frequente dos utilizadores do Windows11. Estes têm pedido à Microsoft mais autonomia na gestão das apps que acompanham o seu sistema operativo, algo que agora parece estar a ser reforçado.

Naturalmente que a remoção destas apps não é o fim da sua presença no Windows 11, como seria naturalmente esperado. Os utilizadores ficam com o controlo completo e podem a qualquer momento fazer a instalação destas, vindas diretamente da loja de apps da Microsoft.

Este novo controlo é importante e permitirá dar aos utilizadores a possibilidade de ganhar espaço importante, ao mesmo tempo que removem apps que não usam e/ou não querem ter presentes. Como sempre, este deverá ser um processo simples e que não terá nenhum impacto no sistema no final.

Fonte: pplware.sapo.pt

Precisa de assistência informática? Marque já aqui


Discover more from PC ASSISTE

Subscribe to get the latest posts to your email.